Receba nossas newsletters:

UM CANAL COM MATÉRIAS E CONTEÚDOS
EXCLUSIVOS SOBRE O MUNDO CORPORATIVO.
PARA CONSTRUIR A SUA LIDERANÇA.

Compartilhe:
icone facebook icone e-mail
Digital Leaders foi o tema do Road show deste ano
PUBLICADO EM: segunda-feira, 3 de setembro de 2018
ESCOLA DE LÍDERES

DIGITAL LEADERS FOI O TEMA DO ROAD SHOW DESTE ANO

Na semana passada, a Integração promoveu a terceira edição de seu Road Show, evento anual gratuito e preparado com exclusividade para nossos clientes. Com a proposta de discutir tendências ligadas ao mundo corporativo, o Road Show deste ano focou nos Digital Leaders e apresentou o tema "A revolução digital e exponencial e seus impactos na liderança". Durante toda a manhã de quarta-feira (29 de agosto), quase 100 clientes da Integração puderam participar de quatro salas que propuseram discussões sobre esse tema tão em voga. 

Empresas e profissionais do futuro

As palestras aconteceram simultaneamente e, a cada hora, os convidados mudavam de sala juntando-se a um grupo diferente para ouvir um especialista gabaritado no tema proposto. Numa das salas, Luis Rasquilha, CEO da Inova Consulting, da Inova Business School e da Rwear, falou sobre a quarta revolução industrial, o mundo conectado e a mudança de era pela qual passamos. Rasquilha, que também é professor da FIA e tem experiência internacional como consultor, levou a plateia a pensar sobre as empresas e o profissional do futuro, e quais as prioridades de gestão e de projetos para os negócios. 

Diversidade

Ana Paula Arbache, professora da Fundação Getulio Vargas (FGV), cetificada pelo MIT e pós-doutora em Educação com ênfase em formação de lideranças para o desenvolvimento sustentável, tratou das tecnologias revolucionárias, de novos modelos de trabalho e novas funções que merecem atenção das lideranças, que terão de agir, cada vez mais, de forma criativa e colaborativa. Ana Paula apresentou diferentes perfis de profissionais e tratou da importância de as empresas se prepararem para receber uma diversidade de perfis.  

Inovação

Na sala de Luis Zanin, sócio-diretor da Conquistar, nossos clientes puderam compreender como a liderança digital vai além das novas tecnologias. Zanin mostrou que o novo líder precisa ser capaz de combinar talentos, dados, recursos e competenências de forma criativa a fim de gerar inovação. E como a Conquistar é a empresa do Grupo Integração que desenvolve jogos vicenciais e é representante exclusiva no Brasil da Catalyst Teambuilding, maior rede de jogos corporativos do mundo, os convidados tiveram a chance de conhecer um pouco do Global Innovation. Divididos em grupos, eles criaram e apresentaram ideias inovadoras que surgiram em cerca de 20 minutos de jogo. 

Saindo do modelo linear  

A passagem de um modelo industrial linear para uma sociedade digital, em que as redes e a economia compartilhada norteiam diversos setores da sociedade e das organizações foi o tema da palestra de Marcos Bidard de Novaes. Ele, que é doutor em gestão humana e social em organizações, sócio-diretor da Potenciar Consultores e professor da FGV, tocou num ponto importante: como liderar no cenário da fusão entre carbono e silício. 

Confira alguns depoimentos de nossos clientes que estiveram presentes no Road Show 2018 - Digital Leaders 

“Os palestrantes aguçaram os profissionais da área de Recursos Humanos a pensar diferente sobre como engajar todos os colaboradores. Alguns pontos me chamaram a atenção. A Ana Paula Arbache mostrou que não podemos desperdiçar o talento de cada um, independentemente se é um profissional sênior ou da geração Z. Cada um tem seu valor e se complementam. O desafio é fazer com que a organização consiga propiciar esse ambiente que acolhe as diferenças. Outra questão, colocada pelo Rasquilha, foi que muitas empresas olham 90% do tempo para o retrovisor, em vez de mirar adiante. Teria de ser ao contrário. Já na dinâmica proposta pelo Zanin, vimos ideias interessantes surgindo em poucos minutos. Por que não conseguimos fazer isso no dia a dia das organizações? Acho que aqui nos permitimos errar, pensar diferente. Isso deveria ser levado como uma lição por todos nós”. 

Fabíola Verzolla, gerente de Carreira e Cultura da Liq

“Participar desse projeto da Integração foi maravilhoso! Tivemos contato com temas ainda distantes da nossa realidade, mas que estão chegando com tudo. Existem empresas que estão iniciando, como a que eu trabalho, nesse mundo da tecnologia, de inovação, de mudança, e eu estou aqui exatamente para aprender. Vou levar muito conteúdo para colocar em prática no nosso dia a dia do RH. Gostei bastante da sala do Zanin, em que ele falou de inovação. Sabemos que inovar é complexo, mas vimos que quando se compartilha ideias e experiências é possível gerar produtos novos. Também achei muito interessante os perfis comportamentais apresentados pela Ana Paula. Ela nos mostrou que é preciso ter um olhar mais atento e investir em perfis diferentes e múltiplos dentro da empresa. Saber como trabalhar isso é um grande diferencial”. 

Lívia Queiroz, analista de Recursos Humanos da ABC Cargas

“As palestras me fizeram refletir sobre o que estou fazendo na minha área. Às vezes, a gente acha que está sozinho, mas quando ouve alguém como a Ana Paula falando sobre a inclusão de diferentes perfis no ambiente de trabalho, percebe que está fazendo o caminho correto. Nossa matriz é na Suécia e lá a diversidade de profissionais já é uma realidade colocada como política da empresa. Aqui, começamos a ver isso também. Para dar um exemplo, outro dia fizemos uma entrevista de seleção às cegas em que os candidatos utilizaram máscaras como as dos personagens da série “La Casa de Papel”. A ideia foi focar apenas no que aquele profissional tinha a dizer. Começamos a inovar e todo mundo percebeu que é mais fácil do que imaginávamos. Saio com a certeza de que é possível aprofundar essas mudanças. Outros pontos interessantes do evento foram a possibilidade de trocar experiências com outros profissionais e de ver o que está pulsando no mercado”.  

Adriana Gonzalez, analista de recursos humanos da Scania 

“Estar neste evento todo o sentido porque foi a chance de ouvir cabeças pensantes debatendo sobre tendências e futuro. O que escutei validou o que penso: a gente precisa constantemente se reinventar. As palestras foram fantásticas! O Rasquilha nos mostrou que lutar contra as mudanças em curso é um esforço infrutífero. É preciso refletir como ser parte dessa transformação. Ele também falou sobre a retenção de talentos. Os profissionais jovens que estão bem preparados não têm paciência. Quem quer reinventar processos e tem uma mente disruptiva, não vai permanecer em empresas que desejam manter as coisas como estão apenas por ser mais confortável. A palestra do Bidart também abordou isso quando falou das redes e da democratização da tomada de decisão. São modelos de poder descentralizados. Esse é um desafio, já que a falta de alguma estrutura hierárquica pode ser caótica. Foi muito bacana poder dialogar sobre esses temas”.  

Pedro Egreja, executivo da More Invest

“As palestras abordaram assuntos extremamente importantes, que enriqueceram nosso conhecimento. Ouvi o Bidart falando em conectividade, distribuição de informações e trabalho em rede e ficou muito claro que estamos passando por uma evolução e, cada vez mais, as transformações virão com mais rapidez. O que sinto é que essas transformações já estão chegando ao ambiente de trabalho. No meu grupo, por exemplo, somos cinco executivos e estamos conectados 24 horas por dia, trocando informações. Cada um lida com regiões diferentes, pessoas com características distintas e essa conexão entre nós faz com que a gente agregue mais a partir do compartilhamento de experiências”.  

Marcos Ciríaco, executivo de treinamento da Coca-Cola Femsa


Veja as fotos do Road Show 2018 - Digital Leaders no Facebook da Integração: http://bit.ly/2NIJQZE

Comentários: